Meu Facebook

Meu Facebook
A única guerra que se perde é aquela que se abandona

.

.

.

.

.

.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

.
. .
Em sua edição de hoje, o jornal LE MONDE pergunta, no título, se ele está sendo parcial na cobertura da crise brasileira. E reconhece que sim. Simplesmente porque, em alguns artigos, baseou-se unicamente na grande imprensa, quase sempre parcial. Há quase um mês, escrevi aqui no Face que o jornal vinha fazendo uma cobertura pífia, parcial e requentada da Folha, Estadão, Globo, Veja e Rede Globo. O jornal estava ignorando a força das redes sociais, que informam o que a grande imprensa acha melhor tirar. E que a sua correspondente atual, Claire Gatinois, era a mais fracas dos últimos 40 anos, quando comecei a ler o jornal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tailor Mouse

Tailor Mouse